Terça-feira, 12 de Junho de 2007

Sexo Solitário

Sexo Solitário para Mulheres: Faça você mesma!

Todas conhecem por masturbação a manipulação dos genitais que pode ser feito pela própria pessoa ou pelo parceiro (a) ou ainda com o auxílio de objetos variados, mas muitas mulheres têm dificuldade ou mesmo preconceito em praticar a masturbação. Por causa de uma educação repressora, castradora, são muitas as que não praticam ou deixam de praticá-la por não vencerem as barreiras da repressão.

Vencer a repressão é o primeiro passo. Procurar informações corretas e seguras com um profissional (médico ou terapeuta) é a forma mais segura de conhecer alguns mistérios da masturbação. Após buscar essas informações o segundo passo é sentir-se a vontade para praticá-la.

Superar uma a uma as barreiras da exploração do próprio corpo pode parecer fácil, mas muitas vezes a ansiedade e os conflitos que surgem por causa de todo um contexto educacional repressor pode atrapalhar bastante. Assim, a pratica deve ser iniciada apenas quando a pessoa se sente livre ou à vontade para fazê-lo.

Toda mulher se toca ao se despir ou vestir, muitas vezes sem a consciência do prazer que pode ser despertado por esses dois atos corriqueiros. Muitas mulheres tomam seus banhos de forma tão mecânica que não percebem que a temperatura da água, a maciez ou aspereza do toque da toalha, a textura e temperatura dos cremes ou óleos corporais que passam pela pele, o ritmo e a pressão com que executam esses atos podem favorecer uma maior consciência corporal, consequentemente das sensações a serem despertadas.

Na masturbação, a mulher, geralmente, usa as mãos para acariciar os órgãos genitais, especialmente o clitóris, bem como aquelas partes do corpo que lhe dão mais prazer. Algumas podem introduzir objetos (vibradores, dildos, outros), ou dedos na vagina. Outras preferem usar jatos de água (ducha intima ou chuveirinho) para estimular a área do clitóris.

De qualquer forma o clitóris sempre recebe atenção especial quando o assunto é  masturbação. Os movimentos devem ser delicados, cadenciados, com pressão gentil. O importante é não ter pressa para chegar lá. Quanto mais demorada for a brincadeira mais gostosa será a masturbação.

É sabido que a maioria das mulheres tem dificuldades ou não conseguem atingir o orgasmo apenas com a penetração vaginal, o que não ocorre em relação à masturbação clitoridiana. As que praticam a masturbação relatam em sua grande maioria atingir o orgasmo com facilidade. Assim, ela pode ser usada para facilitar o orgasmo durante a relação sexual com penetração. É o que os especialistas chamam de manobra de ponte. Durante a relação sexual com penetração a mulher se masturba ou o parceiro a masturba enquanto ocorre a penetração. As mulheres que  utilizaram desse recurso como forma de satisfação própria e do casal, relatam ter melhorado o desempenho sexual, sentindo-se mais confiantes, sedutoras, sem preconceito com o próprio corpo.

Agora é com você. Será que você é capaz de fazer com você mesma?

Kelly Cristine Barbosa Cherulli
Psicóloga e Sexóloga

sinto-me:
publicado por Paula Valentina às 23:13

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Meninas: escolham bem a c...

. Alimentos Sexo 2

. Alimentos Sexuais

. Ultima moda no Japão

. vem cá bobinha. Não vou f...

. As 11 mães mais singulare...

. Ciclo Menstrual (Muito Im...

. Castilla la mancha

. Sexo Oral...

. Cartoons!

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.favorito

. Memórias vilacondenses (V...

. Caleidoscópio

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds