Terça-feira, 12 de Junho de 2007

Sexo virtual ou cibersexo

O sexo virtual ou cibersexo nada mais é do que uma forma de masturbação. O sexo virtual é muito comum em canais de IRC e outras salas de bate-papo. Admitindo que possa até ser salutar no sentido de poder desinibir desejos / fantasias de natureza sexuais recalcadas, um problema comum reside na exclusividade da vivência sexual virtual. Os relacionamentos à distância são sempre muito sedutores, mas a realidade é que escondem perigos. O foco do desejo fica centrado na virtualidade do prazer sexual, contribuindo para um isolamento sócio-afectivo. Existem basicamente duas maneiras de transcrever um sexo virtual pela internet:

  • Criando uma historia, ou uma fantasia. As duas ou mais pessoas, contribuem para criação de um cenário onde ocorre o sexo, apenas nas suas mentes. Geralmente uma pessoa escolhe uma fantasia própria, que lhe proporciona mais prazer. Isso aproxima muito a masturbação simples do sexo virtual, quase que botando a outra pessoa apenas na posição de narrador. Mas o ideal é que a iniciativa de narrar uma estoria sexual parta dos dois lados e seja mantida.
  • Descrevendo fatos ou a situação presente. É muito comum a ideia de voyerismo, em que se tem acesso a informações intimas de outra pessoa. A descrição de um fato, seja primeira relação sexual ou uma experiência diferenciada, é muito proxima da fantasia. Já uma descrição da situação no momento da conversa, pode dar a possibilidade da interação, quando uma pessoa diz a outra o que imaginar, ou fazer.

Primeiro, há que acima de tudo que ter consciência desses perigos, e depois, em saber lidar do melhor modo com eles. Como podemos nos esconder Identidade Real atrás e através de um computador, os desejos e fantasias sexuais pessoais podem ser vividos de modo explícito, sem o risco da timidez, da vergonha, quebra de amor-prório, medo da censura ou de ser catologado de loucura. O que leva algumas pessoas a iniciarem a descoberta pela sexualidade apartir da internet. Mas isso é objectivamente uma Identidade Irreal, não tendo necessáriamente intenção maldosa ou criminosa, embora esta abunde na Internet.

O sexo virtual quando vivido de forma habitual, pode acarretar como consequência a destruição de relacionamentos afectivos. O parceiro poderá encarar isso legitimamente como uma forma de traição sentimental e sexual. Através dum PC multimédia ligado à Internet, a pessoa, pode dar vazão as mais variadas fantasias, podendo se excitar (por imagens, mensagens, ... ) ao ponto de obter um grande orgasmo, ou seja, a masturbação da era virtual. O relacionamento afectivo e sexual tenderá a se fechar em um Mundo Virtual, constituindo por isso um novo desvio da sexualidade. Pode correr o risco de perder o prazer do verdadeiro empenho de conquistar o outro e da interação pessoal. É com carinho, o toque, o olhar, a comunicação significativa e a presença do outro nas horas boas e menos boas - a chave da plena realização afectiva e sexual. A gravidade da situação não é a coisa em si, mas a compulsão / obecessão que pode dominar uma pessoa, tornando esta nova forma de excitação com a única válida na vivência da própria sexualidade. É aí que começam os transtornos psicológicos, a materialização de um conflito sexual latente ou oculto.

publicado por Paula Valentina às 22:28

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Meninas: escolham bem a c...

. Alimentos Sexo 2

. Alimentos Sexuais

. Ultima moda no Japão

. vem cá bobinha. Não vou f...

. As 11 mães mais singulare...

. Ciclo Menstrual (Muito Im...

. Castilla la mancha

. Sexo Oral...

. Cartoons!

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.favorito

. Memórias vilacondenses (V...

. Caleidoscópio

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds